Mortes por data real: nova onda de covid aproxima-se do 1º pico em 2020


O coronavírus matou mais de 244 mil brasileiros até esta 6ª feira (19.fev.2021). Mas as autoridades só conhecem a data de 233.418 mortes. O número das chamadas mortes por data real de ocorrência é atualizado pelo Ministério da Saúde a cada semana.

Os dados mais recentes indicam um aumento das vítimas de janeiro de 2021. Com as próximas atualizações, é possível que se consolide um pico próximo ao registrado em maio (1.181) e em julho (1.053) do ano passado.

Poder360

Isso significa que a nova onda da doença se aproxima da intensidade registrada no ápice da pandemia no ano passado.

MORTES POR DATA REAL X MORTES CONFIRMADAS

Os dados representados no infográfico acima são os verdadeiros números da pandemia e se referem às datas reais das mortes por covid-19. Eles foram compilados até 12h de 15 de fevereiro e divulgados pelo Ministério da Saúde na 6ª (19.fev).

O que os veículos de comunicação mostram diariamente, nas TVs e neste jornal digital Poder360, é o que se chama mortes por data de notificação. Mas os anúncios não indicam exatamente quando cada pessoa morreu. São as mortes que tiveram a causa confirmada como sendo pela covid-19.

Eis um infográfico detalhando a evolução das mortes, de acordo com as divulgações diárias do Ministério da Saúde:

Poder360

A média móvel de novas mortes a cada 7 dias matiza variações abruptas. O infográfico abaixo compara a média de mortes pela data em que ocorreram (laranja) com a média de mortes confirmadas (azul).

Poder360

Eis o que se conclui, ao comparar os 2 tipos de informação:

Julho foi o mês com mais mortes confirmadas (31.627).

Maio foi o mês que mais pessoas de fato morreram (33.020).

 

PODER360

Comentários